Fórum geral
#78683
O que têm a dizer sobre isto?

A Volkswagen vai deixar de vender carros com o motor diesel TDI de quatro cilindros nos Estados Unidos, tanto novos como usados, depois de ter sido acusada de manipular as emissões. O anúncio foi feito pela própria empresa.

As ações da Volkswagen estão em queda abrupta na Bolsa de Frankfurt, a cair 19,6% para os 130,60 euros, a maior descida nos últimos sete anos.

A Volkswagen iniciou uma investigação interna depois de a Agência de Proteção do Meio Ambiente (EPA) dos Estados Unidos ter acusado a empresa de falsear o desempenho dos motores em termos de emissões para a atmosfera, através de um software incorporado no veículo.

A marca alemã não especifica quantos modelos estarão afetados pela decisão, mas alguns dos veículos que incluem este motor são, por exemplo, o Golf, o Jetta e o Beetle e ainda o Audi A3.

O presidente do grupo Volkswagen, Martin Winterkorn, lamentou ter “quebrado a confiança” dos seus clientes e do público em geral, depois das acusações das autoridades norte-americanas. O líder da VW diz estar “profundamente arrependido” por ter quebrado a confiança do público, sendo que a marca suspendeu as vendas dos modelos de carros envolvidos, que eram uma pedra angular dos esforços de Winterkorn para recuperar mercado nos Estados Unidos.

Segundo a legislação norte-americana, a multa para este tipo de infrações pode chegar aos 18 mil milhões de dólares (cerca de 15,9 mil milhões de euros ao câmbio de hoje), não estando de parte uma ação criminal. É que, segundo a EPA, durante a condução normal dos carros, o software – conhecido como um “dispositivo manipulador” – iria agravar de 10 a 40 vezes os limites legais.

A estratégia da Volkswagen para o mercado norte-americano passava por vender carros a gasóleo com motores poderosos e poucas emissões, uma forma de ganhar quota, já que no ano passado as vendas nos Estados Unidos tinham caído 10%, para 366.970 unidades.

Na passada quinta-feira, as autoridades norte-americanas aplicaram uma multa de 900 milhões de dólares (795 milhões de euros) à General Motors, relativamente a um defeito no sistema de ignição que afetou 2,6 milhões de carros e causou 124 mortes.
http://www.autoportal.iol.pt/noticias/g ... -emissoes/
#78685
Toda e qualquer forma de manipulação é vergonhosa, venha ela de onde vier.

Este esquema é tão elaborado, o grupo envolvido tem uma dimensão tão grande que até parece mentira...

Não sei que repercussões terá isto no grupo nem na opinião generalizada sobre o Diesel mas que pode fazer mudar muita coisa, lá isso parece-me que pode...
#78689
as_shariff Escreveu:Vou esperar pela resposta o Arad para me pronunciar! :lol: :mrgreen: :ugeek:


É de facto muito grave este comportamento da VW. Agora paguem as multas e as indemnizações devidas, aprendam para o futuro, mais comprometidos com o cliente e o ambiente. A obsessão de ser o construtor nº 1 em vendas a nível mundial não pode resultar nisto... Outros farão o mesmo tipo de esquema, não é desculpa, que sejam igualmente investigados e punidos, se for o caso. Como cliente VW, este episódio desagrada-me, porque confirma a má postura e falta de compromisso da marca com o cliente. É pena, porque gosto dos carros e quero continuar cliente.

Indo mais além, percebo agora parte da guerra Piech/Winterkorn. O primeiro sempre criticou a falta de implantação da marca no mercado norte americano. O segundo, nem a fazer asneira da grossa conseguiu valores de vendas ao nível do esperado.

Só lhe resta demitir-se. A aposta falhou. Os híbridos com extensor de autonomia com uma utilização e estética normais eram o caminho...

Os GTE até ver são a melhor das soluções de transição.
#78693
De certeza que fazem isso noutros países. Na Europa, a Alemanha/Vw tem uma influência enorme e nunca será investigado ou terá as repercussões que está a ter nos EUA... mas de certeza que isso acontece, aliás, basta lembrar-nos dos tdi´s que acusavam sempre mais potência nos bancos de ensaio. Não seria só para enganar o sistema fiscal de alguns países, mas também para baixar a homologação dos valores de emissões poluentes.

Uma coisa é falsear uns tempitos no Ring, outra é carros de produção em massa, virem com características técnicas homologadas diferentes do que na realidade apresentam! Acho que também devem fazer o mesmo para os consumos (todas as marcas) e se calhar para algumas prestações...
#78697
Acho que hoje já saiu uma noticia qualquer referente a este assunto no UK.

O que eu sei é que hoje o meu pai chegou à minha beira a dizer que se calhar ainda vai ter "problemas" com o carro dele por causa desta história. :lol:

Que repercussões poderá ter isto para o comum dos mortais que tem um carro desta era?
#78698
Ricardo Ribeiro Escreveu:Acho que hoje já saiu uma noticia qualquer referente a este assunto no UK.

O que eu sei é que hoje o meu pai chegou à minha beira a dizer que se calhar ainda vai ter "problemas" com o carro dele por causa desta história. :lol:

Que repercussões poderá ter isto para o comum dos mortais que tem um carro desta era?


Penso que nenhuma!
No caso de haver "barulho" aqui na Europa, a marca terá que se chegar à frente! Não é um problema que afecte o carro... é um problema da marca!
Não me parece que façam um recall gigante na Europa (maior mercado diesel do mundo), para tirarem o aparelhometro... não haveria condições também para novas homologações de emissões poluentes (em Portugal poderia afectar o IUC) !

Na remota hipótese disso acontecer, teria que ser a marca a suportar isso, dado que foi ela que falseou!
#78701
Ricardo Ribeiro Escreveu:E o valor futuro dos carros envolvidos?!

Se, de facto, não houver lugar a qualquer actualização da homologação e consequente ajuste do IUC, acredito que nada se passe...


Esta é a minha única preocupação! Se isto acontecer podem imputar-se custos à VW por cada unidade vendida.

Não só pelos carros afetados, mas pela queda do valor da imagem da marca! Isto consta que ficou pelos EA189 (TDI CR 110,140 e 170) MAS... a marca deu um tiro de canhão num pé.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 20