Fórum geral
#79253
Eu queria era ver a matéria prima que os carros queimem a preços decentes... a partir daí, por mim, até podem gastar 7 ou 8!

Ninguém pode pensar que o enorme lobby dos combustíveis (seja gasolina, gasóleo, gás, electricidade), vai ficar na mesma com esta mudança que irá existir nos próximos 10/15 anos!
#79255
Toda a gente tem culpa... a começar pelo estado que fica com uma grande parte do que se paga pelos combustíveis.

O petróleo está em mínimos mas na bomba não tem descido assim tanto... nem quero imaginar quando voltar a aumentar... :roll:
#79257
Com a electrificação da mobilidade há questões que vão bater à porta de quem nem sequer tem carro.

O aumento do preço da eletricidade não vai ter em conta a Dona Ambrósia de 70 anos, que faz bolos para os netos num forno elétrico.

E há ainda a questão das garagens, ou falta delas, porque não estou a ver cada lugar de estacionamento com uma estação de carregamento.

Tem sempre de haver alguma alternativa, nem que seja a uniformização de baterias, com trocas do estilo garrafa de gás nas estações de serviço.
#79259
O lobby dos combustíveis irá passar para a eletricidade (para os chineses cá em PT) se o panorama se alterar nesse sentido.

No mundo em que vivemos se não vão buscar a um lado... vão buscar a outro. Claro que, o estado por exemplo, iria tributar a eletricidade de forma equivalente ao que faz com os combustíveis. Mesmo se andarmos todos de bicicleta criam-se taxas que vão no mesmo sentido.

Nesse aspeto só mudando de politica... coisa que os Portugueses não estão muito interessado em fazer. Falam mal mas votam sempre nos mesmos. Não digo que com outros fosse melhor... mas assim também nunca chegamos a saber. Outra questão talvez ainda "acima" desta é a Europa (e o modelo económico)... mas isso já é demasiado off-topic.

Bom... mas pelo menos diminuía a hipótese do petróleo acabar e a questão das alterações climáticas.
A nossa dependência no petróleo não deixa de ser, a meu ver, uma questão preocupante.
#79261
Isso depende de como é obtida a eletricidade.

Os franceses andam a enterrar barris de resíduos radioativos em bunkers.

Talvez a longo prazo o efeito seja muito pior...
#79268
Infelizmente isso não é novidade, mas por alguma razão nunca foi aplicado.
Lembro-me de à alguns anos, provavelmente à mais do que julgo, ler um artigo na Automotor sobre uma tecnologia da Citroën, aplicada na altura num Xsara, sobre um pequeno motor eléctrico instalado, salvo erro, entre o motor de arranque e o motor, que para além de proporcionar um sistema de start stop também podia auxiliar o motor a combustão. Pena o grupo Psa não ter desenvolvido mais a ideia e ser agora a Volkswagen a apresentar a solução como inovadora.

Não me impressionava nem um pouco que a Volkswagen tenha planeado esta saída... Não sei contudo se o Dieselgate terá sido premeditado, parece um pouco rebuscado.
#79283
SeteGu Escreveu:Nos elétricos para além do preço e a autonomia reduzida as baterias duram muito pouco (cento e tal mil kms e já estão nas coves).

Um exemplo de bateria nas couves com cento e tal mil kms:
El Nissan LEAF que 160.000 kilómetros después tiene la batería completa, y las mismas pastillas de freno


"eles andem aí..." :mrgreen: