Fórum geral
#80093
O Note fica responsável por apresentar este novo sistema que estende a autonomia dos veículos elétricos ao recorrer a um motor a gasolina para recarregar as baterias.

Foi apresentado pela Nissan o Note e-POWER, anunciado como o primeiro compacto produzido em massa que vem equipado de fábrica com um sistema híbrido em série. Como esta expressão anuncia, este modelo alia um motor a gasolina e outro elétrico, embora funcione sempre em modo de emissões 0, já que o propulsor de combustão apenas tem como tarefa dar energia às baterias, que posteriormente canalizam esta mesma energia para o motor elétrico que faz mover as rodas. Como explica a marca, “a alimentação deste motor provém de uma bateria de elevado desempenho, que por sua vez é carregada por um compacto grupo motopropulsor constituído por um gerador elétrico, um inversor e um motor a gasolina”. Como vantagem é apontada uma condução em modo elétrico que não depende apenas da energia elétrica externa que carrega a bateria.

Uma vez que esta opção tecnológica normalmente exige baterias e motores maiores que dificultam a utilização destes sistemas híbridos em série nos modelos compactos, a marca destaca o pioneirismo desta solução do Note e-Power. Segundo é indicado, a Nissan encontrou uma solução que permite minimizar e reduzir o peso, através da conceção de métodos de controlo do motor mais ágeis para otimizar a gestão de energia, viabilizando a comercialização deste automóvel. O resultado é "um sistema que utiliza uma bateria mais pequena do que a do Leaf, mas oferece a mesma experiência de condução agradável de um veículo totalmente elétrico".

A Nissan afirma que o sistema e-Power permite dar aos condutores todas as virtudes que oferecem os veículos elétricos, com um binário superior e instantaneamente disponível aliado ao silêncio de uma condução isenta de ruídos. É colocado em foco outro atributo, que é o facto de apenas em momentos escassos ser necessário recorrer ao motor de combustão, que, por sua vez, é mais eficiente pois não está diretamente ligado à locomoção das rodas. Isto leva a Nissan a afirmar que automóveis com o e-Power têm uma eficiência “bastante superior à dos híbridos convencionais, especialmente nos trajetos suburbanos e em cidade”. Por isso o fabricante nipónico conclui que “o sistema e-Power permite assim desfrutar de todos os benefícios de um veículo elétrico sem a preocupação do carregamento das baterias”.