O dia a dia do seu automóvel aqui relatado em primeira mão e com todos os detalhes
#80421
as_shariff Escreveu:Exclusividade :mrgreen: !
Acaba por ficar discreto nessa zona ;) . Já agora e por curiosidade, isso é feito de que material?


Tenta imitar o que os primeiros 25 RCZ's em portugal, os Black Yearling, têm. A zona é a mesma e o tamanho idêntico.

A original creio ser em inox mas esta, deu-me mais jeito fazer em alumínio (mais fácil cortar). A gravação é, tanto num caso como no outro, feita em CNC com diamante.

Esta é uma original:
Imagem
#80565
O carro ainda não tem 1000 km (barreira psicológica para a rodagem) e, como tal, ainda não sei - nem o dono - o que o carro vale.
Não tenho assim tanta certeza que "humilhe" o RCZ em desempenho mas será, sem qualquer dúvida, mais rápido a sair (mais potência, aproximadamente o mesmo binário e EDC) e mais ágil em estradas sinuosas. A ver vamos porque, no devido tempo, hei-de tirar isso a limpo!

O carro surpreendeu-me muito. Continuo a dizer que dificilmente seria a minha escolha, por causa da caixa, mas está ali um belo brinquedo. Fiquei bastante desiludido com a qualidade de construção. Esperava mais, mesmo de um segmento B. Já o pisar da suspensão deixou-me boquiaberto. É bastante duro mas gere tudo muito, muito bem... Se eu achava a do RCZ boa, a no Trophy fá-la parecer uma carroça! Em estradas de paralelo, é a diferença entre eu ir a 20/30 km/h porque é incomodativo ir a mais (pelas pancadas secas) e o Trophy ir normalmente! A credito que a diferença do tamanho das rodas também tenha aqui uma influência significativa (235/40R19 vs 205/40R18).
Outro ponto alto é o som! O escape Akrapovic é caro mas é-me difícil imaginar o carro sem ele! É forte, profundo e poderoso para um carrinho tão pequeno. É exibicionista, pelo volume, pelo tom e até pelo aspeto das ponteiras... E isto tudo sem explorar ainda toda a faixa de rotações. Uma passagem de 3ª para 4ª, em Sport, às 4000 rpm fez-me, como passageiro, soltar uma gargalhada inexplicável... ao meu irmão então... ficou histérico! Mal posso esperar para o ouvir a plenos "pulmões"! É engraçado ver alguém que dizia não querer tirar a carta de condução, desligar o rádio e conduzir só com o som do escape.
Sobre a caixa, não estou convencido. É relativamente rápida e extremamente suave mas não me sinto totalmente no controlo e isso faz-me alguma confusão. Nega-se a algumas reduções e, principalmente, em algumas subidas de relação, isto em modo auto, mesmo em faixas de rotação em que estaria a pedir essa troca se estivesse em modo manual. Melhora bastante em modo Sport, o que é positivo. Não me parece, também, que seja propriamente amiga dos consumos.

Obs.: Quanto à cor, outra coisa estupidamente cara mas que, literalmente, faz o carro.
  • 1
  • 85
  • 86
  • 87
  • 88
  • 89