O dia a dia do seu automóvel aqui relatado em primeira mão e com todos os detalhes
#80509
É bom saber que a assistência Renault funciona bem. Bem sei que tudo varia de concessão para concessão mas é reconfortante saber de boas experiências, em vez de más. É que está para chegar cá a casa um Clio também :twisted:

Sobre essa viagem, isso são quilómetros a valer. Acredito que acabes por notar um maior fôlego, sendo o motor pequenino e estando tu, e a carrinha, a trajetos tão limitadores.

Eu, por exemplo, também fiz cerca de 2000 km no meu, no espaço de um mês, mas não notei diferenças :mrgreen:

Obs.: Entretanto o PGT, o que é que se passava? Já resolveste o problema?

Edit: Afinal não está nada para chegar um Clio... ainda faltam 3 meses! A juntar aos 3 a que já estamos à espera :evil: :evil: :evil: :evil:
#80522
Se tivessem dito que ia demorar 6 meses, a escolha tinha sido outra!

Agora, depois de já estar metade do "percurso" feito e sendo o carro que realmente o meu irmão gosta e configurou, aguenta-se! Já se fosse comigo, alguém ia ter de me compensar bastante bem!

O carro é um RS Trophy!
#80527
Ricardo Ribeiro Escreveu:Se tivessem dito que ia demorar 6 meses, a escolha tinha sido outra!

Agora, depois de já estar metade do "percurso" feito e sendo o carro que realmente o meu irmão gosta e configurou, aguenta-se! Já se fosse comigo, alguém ia ter de me compensar bastante bem!

O carro é um RS Trophy!


:shock: :shock: :shock: 8-) 8-) 8-)

Eh lá! Temos brinquedo! :mrgreen:
Ele experimentou algum antes de comprar? O ponto mais negativo, apesar de ter melhorado, acho que continua a ser a caixa, algo lenta (aqui acho que melhorou bastante) e hesitante. No resto, na minha opinião, acaba por ser superior aos restantes adversários, pela potência e pelos "gadjets" habitualmente só disponíveis no segmento acima (tipo o launch control)!
Esperar também que a qualidade da montagem tenha sido melhorada, principalmente ao nível das portas! Ele deve andar ansioso :mrgreen: ...
#80530
as_shariff Escreveu:
Ricardo Ribeiro Escreveu:Se tivessem dito que ia demorar 6 meses, a escolha tinha sido outra!

Agora, depois de já estar metade do "percurso" feito e sendo o carro que realmente o meu irmão gosta e configurou, aguenta-se! Já se fosse comigo, alguém ia ter de me compensar bastante bem!

O carro é um RS Trophy!


:shock: :shock: :shock: 8-) 8-) 8-)

Eh lá! Temos brinquedo! :mrgreen:
Ele experimentou algum antes de comprar? O ponto mais negativo, apesar de ter melhorado, acho que continua a ser a caixa, algo lenta (aqui acho que melhorou bastante) e hesitante. No resto, na minha opinião, acaba por ser superior aos restantes adversários, pela potência e pelos "gadjets" habitualmente só disponíveis no segmento acima (tipo o launch control)!
Esperar também que a qualidade da montagem tenha sido melhorada, principalmente ao nível das portas! Ele deve andar ansioso :mrgreen: ...


O Clio nunca seria a minha escolha, precisamente por causa da caixa (e por causa do numero excessivo de portas :twisted: ). Preferia sempre um 500C Competizione, ou um MX5, ou um 208GTI by PS... Está na cara que não comprava mesmo o Clio :lol: :lol: :lol:
No entanto, para o meu irmão, acho que foi a escolha "acertada". Ele vai dar muito valor aos gadgets e à própria caixa (apesar dos defeitos que deve ter), já para não falar do andamento e look. Para ele, o 500 é carro de gaja (tinha esperança que a Record Monza o fizesse mudar de ideia mas nem isso consegui mostrar-lhe), o MX5 não gosto de conduzir (adorou o fator roadster e o som, mas sentiu-se inseguro com o adornar) e o 208GTI by PS cansou-se de esperar (depois de ter o carro a 1 metro de mim e não me permitirem aceder ao interior para ver se ele encaixava bem nas backets, nem me arranjarem um carro para entrar durante 1 mês, havendo um da Peugeot Portugal em Lisboa e outro em Coimbra) porque seria essa a escolha.

A caixa, experimentamos num Megane IV GT e não me pareceu má. O carro em si e a motorização em si é muito diferente e se não era má no Megane, no Clio deve ser melhor. Como dizes, o facelift e a versão Trophy trazem melhorias significativas à EDC, daí estar um pouco mais relaxada. De qualquer das formas, de todas as experiências que tive com caixas do género (DSG, EDC e a do BMW M4) nenhuma me deixou com vontade de largar as manuais. Estou muito curioso com a convivência com o Clio... a ver se me muda de opinião.

No interior, o maior defeito que aponto é mesmo da linha de cintura para cima. Os pilares em plástico e o tejadilho em beje, são coisas que não se usam em carros de cariz desportivo, cheios de apontamentos em vermelho. De resto, não estava à espera de melhor no que aos materiais e montagem diz respeito, mas não tinha/tenho expectativas muito altas.

Que venha rápido porque quero ver a cor ao vivo (amarelo), ouvir o som de escape (Akrapovic) e testar convenientemente a EDC. Está tanto ele em pulgas quanto eu :twisted: :twisted: :twisted:
#80538
Grande maquinão! De certeza que não se vai arrepender, ainda para mais é uma delícia a curvar!
Confesso que se estivesse com esse dilema... a minha escolha seria um abarthes! Não é melhor em nada, mas epá... apesar de não ter costelas italianas, o meu coração deve bombear sangue italiano! :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
_______________________________________________

Não podia deixar passar mais um aniversário da Clio! Fez hoje 3 anos que fui buscar a manquita! 8-) :mrgreen:

Continua a cumprir exemplarmente e a corresponder aos objectivos para os quais foi comprada... 120eur em manutenção (75eur pastilhas da frente + 32eur escovas + 13eur filtro de ar)! Um recall para ver uns tubos de travão, pós-venda impecável! Tive uma vez, um único "bug" no Media-Nav, que se resolveu sozinho após desligar/ligar a carrinha.
A fazer essencialmente trajectos curtos aos dias de semana e voltinhas também curtas no fim de semana, os consumos têm sido razoáveis (abaixo de 7L)! Muito raramente uso o modo Eco e poucas vezes trabalho para os consumos.
Estranhamente e apesar dos parcos 90cv, associados a um bloco pequenino, a carrinha acaba por cumprir qb em AE, tendo uma resposta satisfatória até aos 140/150km/h! Não é díficil fazer viagens em torno dessas velocidades sem os consumos se ressentirem muito. Haja paciência para andar a 100/110km/h e os consumos baixam para os 5L e pouco!
A modularidade da bagageira e bancos tem dado muito jeito para transportar coisas de maior volume. Continuo a gostar muito da posição de condução, (o apoio de braço foi uma excelente opção para completar o que é praticamente perfeito), só faltavam uns bancos da versão GT Line! Os comandos estão todos à mão e são de fácil utilização/habituação. Esteticamente é "feio" o comando do rádio/média/bluethoot, mas para mim, é de mais fácil utilização que os comandos tradicionais no volante.
Os pontos fracos acentuam-se com o passar dos anos: a qualidade de montagem é fraquinha, essencialmente nas portas. Falta mais solidez no pisar. A insonorização acima dos 120/130km/h é má, não pelo barulho do motor, mas pela deslocação do ar/vidros fininhos e borrachas más.

Resumindo, já não encanta como no 1º dia que a fui levantar, mas acima de tudo tem cumprido e não tem defraudado as expectativas! Continua giraça, versátil, económica, fiável, equipada qb... não podia pedir mais! Hoje não houve direito a fotos... tive que ir ao baú:

Imagem
  • 1
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31