O dia a dia do seu automóvel aqui relatado em primeira mão e com todos os detalhes
#80442
Rádio de origem de volta ao sítio, rádio chinês à venda. Arranjei um transmissor FM Xiaomi Roidmi 2S, que faz melhor serviço. A qualidade do velho Clarion é muito diferente.
#80453
E o cão faz hoje 2 anos na minha posse...

Mais um ano em que cumpriu plenamente os objetivos, para quem já tem 187000km e 16 anos em cima.

Despesa maior: Revisão geral e substituição da bomba de combustível, feita em Dezembro (cerca de 200€ no total). De resto, nada de imprevisto.

Quanto ao exercício de comparação entre as despesas (estimadas) de um velho face a um novo, há vários parâmetros a ter em conta. Posso utilizar o Golf, parado a maioria do tempo, como barómetro.

:arrow: IUC
106: 17,87€
Golf: 143,17€

:arrow: Seguro
106: 114,74€/ano
Golf: 51,83€/trimestre (com QIV)

:arrow: Manutenção programada (fora da marca)
106: cerca de 75€/10000km (óleo e filtros)
Golf: cerca de 150 a 180€/30000km ou 2 anos (óleo e filtros)

:arrow: Avarias (reparadas fora da marca)
106: cerca de 200€ no último ano (catalisador e bomba de combustível)
Golf: cerca de 200€ no último ano (rolamento de roda da frente e embraiagem do AC)


:arrow: Consumo (estimado)
106: Média de 6l/100km
Golf: Média de 5l/100km

:arrow: Desvalorização (estimada)
106: 200€/ano (2 anos)
Golf: 2000€/ano (7 anos)

Descontando a subjetividade da desvalorização, inerente à idade, segmento e procura do modelo como usado, os custos de utilização são semelhantes para 10000km.

Por um lado, o Golf oferece segurança, performance e qualidade incomparavelmente superiores ao 106. Por outro, desvaloriza muito mais.

A substituição de componentes relativamente caros no 106 tem um custo semelhante à substituição de componentes básicos no Golf. No entanto, o 106 precisará brevemente de algum material enquanto o Golf não precisa de nada.

O baixo consumo do Golf compensa a diferença do IUC.

Fica a análise, algo rápida e superficial, mas que dá para ter uma ideia das diferenças.
#80455
Ricardo Ribeiro Escreveu:Essa analise deixa-me com alguma surpresa!

Os consumos, de facto, equilibram a balança! A desvalorização é, como já se sabia (mas nem sempre entra na equação), o grande "problema" de qualquer carro novo.

Muito interessante esta analise!


Esta análise não contempla algo tão provável como a possibilidade de substituição de peças caras no Golf, como a embraiagem, bimassa, injetores, EGR, FAP, por via da sua complexidade mecânica...

E aqui, a simplicidade do 106 é decisiva: O pior que lhe pode acontecer é ter de levar um motor usado, que custa na ordem dos 250€.

Este um dado chave que, felizmente, não necessitei de incluir no termo de comparação. Outro é o da manutenção, para além de óleo e filtros:

Um jogo de pneus custa 150€ no 106. No Golf custa o dobro.

A mudança da correida de distribuição, em ambos, terá valores bem diferentes. No Golf, fora da marca, andará perto dos 500€. No 106 acredito que seja metade, ou menos.

Um kit de discos e pastilhas para o 106 custa na ordem dos 100€, já com instalação. No Golf será mais do dobro, mas aqui ressalvo que as que tem montadas ainda são as originais, com 75000km. As do 106 não duram tanto.

As contas fazem-se pelo que se gasta, mas convém ter em conta todas as possibilidades, sabendo que com os mesmos carros há cenários bem piores. Estes 2 carros podem considerar-se bons exemplares.
  • 1
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19