O dia a dia do seu automóvel aqui relatado em primeira mão e com todos os detalhes
#80317
Após passar na oficina para avaliar a questão do eixo traseiro, confirma-se que começou a abrir. Tem de ser retificado, substituído ou reparadas as pontas onde encaixam os braços da suspensão.

Opção A:

Reparar num torneiro mecânico e substituir rolamentos, o que a oficina costuma fazer nestes casos. Valor final de cerca de 350€.

Opção B:

Comprar um eixo reconstruído a uma empresa espanhola (imaxle) que o coloca na ilha por 260€, incluindo a devolução do velho. A este valor acresce a mão de obra para o montar no local, assim como a mudança de todo o material dos travões para o eixo novo. Uns 100€, por estimativa.

Opção C:

Arriscar a compra de um eixo na sucata por uns 100€, instalá-lo diretamente, e este poder estar perto de ter problemas. Acresce a mesma mão​ de obra para instalação.

Opção D:

Igual à C, mas com substituição dos rolamentos e inspeção das pontas que se desgastam antes de montar. Acresce mais mão de obra que as soluções anteriores e o valor dos rolamentos.

Estou inclinado para a B...
#80320
Ricardo Ribeiro Escreveu:Parece-me a opção mais racional.

O risco que as opções acarretam não me parece compensar a poupança que terias.


É isso... quando clarificar a minha situação laboral para 2017/18 avanço para a substituição do eixo ou vendo o carro.

É que este sacaninha vai cumprindo muito bem o seu papel, com as despesas que são de esperar de um carro com 16 anos/185000km.
#80324
zetec Escreveu:Opção B.

Isto é um "cancro" desses carros e dos 206 creio.


Sim, e dos Saxo e AX também. Era uma questão de tempo...
#80368
20000km na minha mão. Cumpre dentro do esperado para um carro básico com 16 anos.

Está com 185000km, quase há 2 anos na minha posse.

Existe uma forte possibilidade de ser vendido em breve, não pelos problemas normais que vão aparecendo, mas por outras razões bem mais interessantes.
#80373
Ricardo Ribeiro Escreveu:Se acabar por ser vendido, gostava de saber os custos totais de posse.

Isto para comparar com um carro "novo" e perceber se um velho sempre fica mais caro...


Vou fazer isso, um valor aproximado por estimativa.

Posso assegurar que entre avarias, manutenção, seguros e IUC andará próximo dos custos do Golf... que está quase sempre parado, mas levou à parte da manutenção periódica um rolamento de roda e a embraiagem do AC.

Certamente desvalorizou muito menos em 2 anos do que o Golf...
#80426
Novidades quanto ao consumo de óleo: Por estranho que pareça, desde que levou 10W40, normalizou. O nível baixou uns 5mm em 5000km, o que é irrelevante.

O motor não estava a gostar de 15W40 mudado a cada 5000km. Provavelmente perdia rapidamente as suas propriedades, levando a um superior consumo.

Quanto ao resto, normal. 186000km e lá vai andando.
  • 1
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19