Perguntas e Respostas para os problemas que atormentam o automóvel
#72941
Luis G Escreveu:Vi o teu link para os consumos, mas não penso que alguma vez chegue a 2,66l/100km... ;) Mas de memória, os consumos que tu fazias andavam à volta de quanto, numa condução normal?

Estou a ver que só viste a página por alto... :mrgreen:

Essa média é por causa do GPL. ;)
Se procurares na listagem por consumos a gasolina, verás que rondou os 7,5l:
http://www.spritmonitor.de/en/detail/373539.html?page=3

Mas de qualquer maneira adianto-te que conseguia ver os seguintes consumos no CB:
< 90 Km/h => -6,0l/100Km
> 90 Km/h < 110 Km/h => ~6,5l/100Km
> 110 Km/h < 140 Km/h => ~7,0l/100Km
> 140 Km/h => > 8,0l/100Km
Cidade => ~10l/100Km (com arranques suaves!)

Claramente era um conjunto motor/caixa pensado para circular em estrada aberta, com velocidades moderadas. ;)
Cheguei a ver o CB marcar 5,2l depois de chegar à zona da Expo, vindo pela ponte Vasco da Gama, a velocidades ~90Km/h... com A/C ligado e capota recolhida... 8-)
Em cidade/pára-arranca, era preciso pés de lã para não fazer o CB marcar +10l. :roll:
#72966
Luis G Escreveu:
as_shariff Escreveu:O carro anda a mamar óleo?


O consumo de óleo não chega a 0,5 litros por cada 10.000km... Não considero que isso seja mamar óleo, até porque há motores novos a consumir bem mais que isso e considerados "normais"...


Sendo assim já não vou mandar a minha dica! :mrgreen: :?

Ainda assim e pelo que contas, só estou a ver que o problema seja mesmo da sonda lambda ou catalisador, mesmo apesar de serem novos...

Será que existe algum problema com essas peças ou a sua montagem?
#72993
Boas
Amigo Luis
Se o texto que tive o prazer de lêr foi cumprido na prática ... acredito que tenhas ajudado muitos users; o carro tem 300.000klm é muito kilometro; vou dar a minha opinião.
Mediste a pressão de compressão??,diferença entre cilindros após a mediçao?? mediste a pressão da bomba de gasolina?? limpaste os injetores caso seja (multiponto) quero acreditar que o carro já cumpriu a sua missão.
ex user veterano
abraço
#72994
ZeuZ Escreveu:
Luis G Escreveu:Vi o teu link para os consumos, mas não penso que alguma vez chegue a 2,66l/100km... ;) Mas de memória, os consumos que tu fazias andavam à volta de quanto, numa condução normal?

Estou a ver que só viste a página por alto... :mrgreen:

Essa média é por causa do GPL. ;)
Se procurares na listagem por consumos a gasolina, verás que rondou os 7,5l:
http://www.spritmonitor.de/en/detail/373539.html?page=3

Mas de qualquer maneira adianto-te que conseguia ver os seguintes consumos no CB:
< 90 Km/h => -6,0l/100Km
> 90 Km/h < 110 Km/h => ~6,5l/100Km
> 110 Km/h < 140 Km/h => ~7,0l/100Km
> 140 Km/h => > 8,0l/100Km
Cidade => ~10l/100Km (com arranques suaves!)

Claramente era um conjunto motor/caixa pensado para circular em estrada aberta, com velocidades moderadas. ;)
Cheguei a ver o CB marcar 5,2l depois de chegar à zona da Expo, vindo pela ponte Vasco da Gama, a velocidades ~90Km/h... com A/C ligado e capota recolhida... 8-)
Em cidade/pára-arranca, era preciso pés de lã para não fazer o CB marcar +10l. :roll:


Epá, desculpa mas realmente pensei que o resumo no topo da pagina fosse o que interessava. O resto pareceu-me apenas uma lista de entradas de consumo, pelo que não reparei muito nos detalhes.

Mas os teus dados parecem-me correctos, por exemplo, quando o carro andou bem (ou seja com a fuga antes do catalisador) a 130-140km/h na auto-estrada com o pé estável marcava um consumo instantâneo de 6,8l/100km... O que me parece em linha com o que tu descreves. O problema é que como está agora precisa entre 8,5 e 9l no mesmo andamento... Por outro lado em cidade preciso de andar "com pressa" para o fazer passar dos 10... lol - I'm going crazy!!...

Mas uma boa notícia é que este fim de semana fui dar uma voltita curta com ele e notei que as coisas estavam a melhorar... Será que o CB se está a adaptar finalmente??... Fico à espera para ver. Tenho de dar uma volta maior com ele a ver se a coisa melhora!
#72995
as_shariff Escreveu:
Luis G Escreveu:
as_shariff Escreveu:O carro anda a mamar óleo?


O consumo de óleo não chega a 0,5 litros por cada 10.000km... Não considero que isso seja mamar óleo, até porque há motores novos a consumir bem mais que isso e considerados "normais"...


Sendo assim já não vou mandar a minha dica! :mrgreen: :?

Ainda assim e pelo que contas, só estou a ver que o problema seja mesmo da sonda lambda ou catalisador, mesmo apesar de serem novos...

Será que existe algum problema com essas peças ou a sua montagem?


Epá eu não acredito que tenha ainda problemas com a sonda nem com o catalisador...
#72996
jose dias Escreveu:Boas
Amigo Luis
Se o texto que tive o prazer de lêr foi cumprido na prática ... acredito que tenhas ajudado muitos users; o carro tem 300.000klm é muito kilometro; vou dar a minha opinião.
Mediste a pressão de compressão??,diferença entre cilindros após a mediçao?? mediste a pressão da bomba de gasolina?? limpaste os injetores caso seja (multiponto) quero acreditar que o carro já cumpriu a sua missão.
ex user veterano
abraço


A compressão tinha verificado há não muito tempo e está óptima, por outro lado a pressão de injecção e os injectores não testei. Mas não me cabe na cabeça que o problema possa estar aí e coincidentalmente se tenha "reparado" automaticamente quando ganhei uma fuga no escape e que tenha voltado quando a fuga se foi... Por isso é que não me pus a ver isso. Mas parece que as coisas estão a mudar, depois dum pequeno passeio este fim de semana, e pode ser que o CB acabe por se ajustar com o tempo. Acho que vou esperar mais uns dias e ver como é que a coisa evolui...
#72997
É possível que o CB se ajuste com o passar dos Km... pelo menos nos modelos mais recentes sei que é possível ajustar o erro do CB, via OBD. ;)

Já agora, como apenas falas no CB, não costumas calcular as médias manualmente e depois confirmar com a indicação do CB?

No meu caso fazia isso e a diferença não chegava a 0,5l...
#73009
Eu acredito que haja alguma diferenca entre o real e o indicado, mas no meu caso nao me interessa tanto esse pequeno desvio... Por agora ando mesmo à procura do grande desvio, tipo +2l/100km... :)

Vou ver se em breve vou com ele à maquina outra vez para fazer um reset à centralina... Espero é que nao seja a centralina a origem do problema... :?
#76645
ZeuZ Escreveu:Any news? :roll:

Bom, aqui fica um update:

Depois de muito coçar a cabeça decidi experimentar um set de injectores usados de outro carro a ver se via alterações, pensando que um spray deficiente pudesse estar a causar uma queima pouco uniforme e leituras anormais na sonda lambda e a influenciar o ECU. Verifiquei também a pressão de gasolina à entrada do regulador (pressão regulada pela bomba eléctrica no deposito) que me pareceu boa, até um pouco acima da especificação (2,8 em vez de 2,5bar quer ao ralenti como em aceleração). Troquei o regulador da rampa de injectores para ter a certeza que o sistema ali estava conforme. Notaram-se melhorias e uma ligeira baixa de consumo médio de 0,3 a 0,5 litros a cada 100km. Passado isto e não satisfeito com a melhoria, decidi verificar e mudar a bobine de ignição (que neste caso são duas em uma e funciona no principio "wasted-spark") e as velas (tinha montado velas de 4 polos se bem que as de origem sejam de 3-polos). Verifiquei as resistências dos cabos de alta-voltagem e sem problemas. Notou-se uma ligeira melhoria na resposta a frio, mas os consumos mantiveram-se. Depois de muito procurar, decidi experimentar trocar o sensor de posição da arvore de cames (o que normalmente é um trabalho jeitoso por ter de se remover a correia de distribuição, etc. mas acabei por conseguir sem remover a correia). E aqui parece que estava o maior problema, porque o consumo baixou entre 1 a 2l ao 100km em media e o motor ganhou agilidade e sente-se mais solto.

Ainda assim noto que ao ralenti ha pequenas oscilações que para mim não deviam existir. Ao mesmo tempo, noto sempre uma certa humidade na tampa de oleo do motor e uma espécie de massa castanha que normalmente indica oleo contaminado com agua. Decidi re-testar a compressão em todos os cilindros e está tudo acima dos valores de referencia. Este motor tem uma taxa de compressão geométrica de 10.2:1 mas os meus valores estão todos acima de 14bar nas primeiras 2 voltas de cambota e com variações entre cilindros inferiores a 0,2bar - nada mau para um motor com 300.000km!! Isto significa que não há fugas nos segmentos nem nas válvulas nem na junta. Falta dizer que este motor não consome agua nem oleo nem vejo qualquer indicio de contaminação outro que na tampa de oleo do motor. Conclui que mecanicamente não há problema, pelo que decidi tentar curar as pequenas variações do ralenti substituindo o sensor de posição do volante motor. Feito isto, temos ainda mais melhorias e o motor está ainda mais solto e todos os solavancos em andamento desapareceram por completo, tendo até melhorado na suavidade das passagens de caixa. Contudo os pequenos "soluços" ao ralenti continuam presentes. A esta altura, devo dizer que estou bastante contente com os resultados, mas gostava de erradicar todos os sintomas.
Em resumo restam agora cinco coisas:
- A evidencia de agua na tampa de oleo de motor;
- Pequenas variações ao ralenti;
- Um pegar "molengão" tanto a quente como a frio (o motor de arranque funciona bem e a combustão é praticamente imediata, mas a subida para a velocidade de ralenti requer 5 ou 6 voltas do motor, como se subisse de rotação em "escadinha" tanto a quente como a frio;
- Um termostato que falhou e fica aberto (isto um sintoma recente);
- Um vedante de cambota do lado da transmissão a verter oleo (muito pouco mas foi detectado apenas pelo facto de o sensor de posição do volante motor estar "oleado").

Investigando o sistema de respiro de oleo desconfio de que está a puxar ar pelas juntas em certas zonas do sistema, e inclusive pela tampa de oleo (há de origem uma entrada de ar directa da cambota para a admissão e que não é controlada pelo sensor de massa de ar) o que dará origem à entrada de ar húmido no inverno que condensa na tampa de oleo- posto isto vou renovar as juntas de borracha e a tampa (o proprio tubo onde entra a vareta de oleo foi ja substituído por se ter partido durante o teste de compressão - é de plástico e estava ressequida e muito quebradiça - e isto também deve melhorar a estanquecidade do sistema). Isto é capaz de ter influencia no pegar em "escadinha".
Se o problema de pegar em escadinha não se resolver, e tendo já limpo o corpo da borboleta do acelerador e lubrificado o mecanismo de ajuste automatico, penso que uma reprogramação do mesmo seja o suficiente para curar o problema.
As variações ao ralenti penso estarem relacionadas com a carbonização do motor. Este é um carro que faz muita cidade e com os anteriores problemas deve ter uma boa camada de carvão dentro dos cilindros o que deve estar a provocar auto-ignição. Fiz um calculo e reparei que uma camada de carvão inferior a 1mm nas superficies do pistão/cilindro no Ponto Morto Superior é o suficiente para explicar o desvio dos valores de compressão efectiva exagerados registados no teste de compressão. Posto isto, uma sessão de descarbonizarão deverá seguir-se.
A substituição do termostato implica a mudança do liquido de radiador, pelo que vou mudar também a bomba de agua (que sendo conduzida pela correia de distribuição que não sei já quando foi substituída pela ultima vez) e a correia de distribuição. Uma vez que vou mudar a correia vou aproveitar para mudar também o vedante da cambota do lado da distribuição.
Quanto ao vedante da cambota do lado da transmissão, não lhe vou mexer por agora pois o motor neste momento não consome oleo e não tem qualquer problema de embraiagem e simplesmente não me apetece desmontar metade do carro e em especial reajustar o mecanismo selector da caixa sem a ferramenta especial da VW...

E para os que leram até aqui, parabéns pela paciência e dedicação em seguir esta historia.

P.S.- So uma nota para dizer que se bem que tenha substituído ou vá substituir um numero considerável de peças, tudo isto que descrevi me custa cerca de €500 (incluindo o trabalho que ainda vou fazer), o que me parece razoável para esperar que este motor me faça pelo menos 100.000km sem mais que não a manutenção normal. É certo que sou eu a fazer todo o trabalho, senão tudo isto seria economicamente inviável.