Conversas que vão além do tema automóvel
#80084
E se, de repente, existisse uma solução alternativa para obrigar os condutores a reduzirem a velocidade?

Imagem

As imagens que podem ver são da Vila de Arnprior, na Escócia, e contrário do que parece, as marcas na estrada têm uma razão de ser: tudo em prol da segurança.

Na Escócia, como em muitos outros países, o excesso de velocidade nas localidades é um problema bastante presente, e para o combater, a freguesia de Arnprior optou por uma solução diferente. Em vez de colocar radares escondidos ou lombas a cada 50 metros, a solução encontrada foram as marcações “onduladas” (em zig-zag) mesmo em estradas completamente retas.

Em teoria, estas marcações rodoviárias – em conjunto com um destacado exterior em cor de tijolo – obrigam o condutor a reduzir a velocidade, mesmo que inconscientemente. Na prática, desde que foi reasfaltada, esta estrada com um limite de velocidade de 30 mph (48 km/h) tem tido cada vez menos condutores em excesso de velocidade, principalmente durante a noite.